Teoria Literária

Início » Uncategorized » HOMENS DE PAPEL É “DA HORA”: meritocracia, política e educação

HOMENS DE PAPEL É “DA HORA”: meritocracia, política e educação

Novo projeto…

Necrotério Escolar

tecnico2-570x380

Não tem sido fácil para a imprensa lidar com o boicote dos intelectuais brasileiros. Discursos conservadores, preconceituosos, que tentam convencer a qualquer custo a sociedade de que a tal da meritocracia existe e que o iminente impeachment não é golpe, estão sendo disseminados vertiginosamente. Figuras que se travestem de uma seriedade e outras que antes beiravam os limites da bizarrice, passam, agora, a nos serem vendidas como heróis. Estou falando, é claro, de Sério Moro, Eduardo Cunha, Temer, Bolsonaro, Aécio Neves e até Paulo Maluf, que se articulam sistematicamente para tomar o poder, seja por meio jurídico, fazendo uso de argumentos pseudodemocráticos – porque defendem um impeachment de uma presidenta legitimamente eleita e que não é acusada por razões palpáveis em nenhum processo –, ou mesmo pela força, afinal de contas, não é raro ver um ou outro se referir à Ditadura Militar em tom saudosista.

Felizmente, boa parte da

Ver o post original 1.435 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: